segunda-feira, novembro 13, 2006

serpente


fotógrafo: anônimo

Deliciosamente deixo-me pousar em ti
Contemplo o aveludado toque...
Transpus-me no teu aconchego
As mãos atravessam o deserto
Heterogéneo da tua textura
Despertas-me com arrepios
Sinto-te em todo corpo
Passadas no frio…
Passadas horas…
Como uma serpente rasgando
O seu ser sobre o musgo
Emaranhamos um corpo só

6 Comments:

Blogger muitoatento said...

Beijo, arrepiado...

5:03 da tarde  
Anonymous oaoj said...

Realmente...k serpente virtual...cada um chama-lhe o que bem entender.

11:14 da tarde  
Blogger alexiaa said...

Ha uma expressão que utilizo muito e que agora me fizeste lembrar: serpentear! Arrepios à parte, alem da expressão "obrigaste-me" a lembrar outras coisas!

Beijo enorme

2:43 da manhã  
Anonymous Pensamentos said...

:)
Muito bom

12:10 da tarde  
Blogger Tacitus said...

Bela metáfora que aqui fizeste. Boa semana e bons "serpenteios"...

4:42 da tarde  
Blogger Daniel Aladiah said...

A serpente é símbolo de muitos significados, quase sempre positivos e, mesmo assim, tem uma péssima imagem...
Um beijo
Daniel

11:29 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Escreva!
Escreva!