quinta-feira, agosto 31, 2006

amor de café II


fotógrafo: mika

Provei o seu sabor
Apreciei a sua textura
Admirei o seu corpo
Não era de um vinho
Que se tratava.
Era um simples café
Nunca lhe tida dado
O devido valor
De novo,
Tomei-lhe o gosto
Senti a importância
Da sua existência
Deixei-me levar por o
Amor,
AMOR DE CAFÉ

4 Comments:

Blogger Å®t_Øf_£övë said...

Imensa,
Também eu sou completamente viciado num café...
Bjs.

5:52 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Um singular café...digno de uma breve poesia, uma companhia fiel do nosso dia a ...dia.
(Sai um café delta por favor)

11:02 da tarde  
Blogger alexiaa said...

Pois, assim que comecei a ler percebi que tinha de ser a parte II.
Vou...despertaste-me o apetite mas a hora condiciona certas vontades e sendo assim o melhor é passar o café:)

Beijinhos

3:12 da manhã  
Anonymous Não estou bem sem café said...

Ora ai está um dos verdadeiros prazeres.
Adoro deliciar uma conversa com um amigo/a com o paladar aromático de um café.
Neste caso o que é nacional é do melhor!
Beijos

Nota: Vou beber um café, alguém quer?

4:07 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Escreva!
Escreva!