domingo, março 04, 2007

cores do meu eu


fotógrafo: Drabbin

Chamas no opaco da nossa vida
Uma carga de cor.
Vejo-nos numa vergonha
Decorada com tons de punição
Com pigmentos de reprovação
Numa gradação de valores
Numa saturação de entrega
Na nossa moldura amamo-nos
Na concentração de pactos
Vestimos a cor da segurança.

4 Comments:

Blogger Skin on Skin said...

Vim...
A côr do desejo...na libertação dos corpos!

Beijokas on skin

10:53 da tarde  
Anonymous alexia said...

O nosso Eu tem realmente imensos tons..e odores. Acho que no meio dos castigos, vergonhas e valores, raras as vezes vestimos a cor da segurança:)

Beijo

10:02 da tarde  
Blogger Tacitus said...

A imagem é provocadora, os versos delirantes. Desconfio sempre dessa cor da segurança mas dentro da moldura do amor há sempre espaço para mais pinceladas. Boa semana ;)

11:52 da manhã  
Blogger Daniel Aladiah said...

A posição pode ser variável, o amor é sempre o mesmo...
Um beijo
Daniel

8:06 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Escreva!
Escreva!