segunda-feira, maio 08, 2006

alma perdigueira


fotografo: dale c. spartas

Seguiu o seu trilho
Sabia que não mais podia parar
O seu olhar caçador alvejou-o
A sua alma perdigueira
Foi em busca da dela.
Movido por o aroma do seu corpo
De noites de desejo consumado
Farejou-a
Prendeu-a nas suas presas
Cravou-a de um mar crescente
Ancorou-a a si, bebeu-lhe o gosto
Não mais a perdeu.

4 Comments:

Blogger Insolente said...

onde é que queres chegar? a busca do amor deve ser levada a cabo como um perdigueiro busca uma perdiz? nao confirmo nem desminto... ora entao um grande bem haja

6:10 da tarde  
Blogger Å®t_Øf_£övë said...

Imensa,
Há momentos na vida em que devemos ser assim, uns verdadeiros perdadores.
Bjs.

11:20 da tarde  
Anonymous alexiaa said...

Ha coisas que depois de tomarmos o gosto:), já são complicadas de abdicar!
Um beijo...bom fim de semana

1:30 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it
Download game microsoft Dos crime gangster game free games Jeep wrangler paint red 2010 commonewealth games Trouble the board game Free online csi games Game programming toolkit National city bank scholarship Download free game shows hiking stories Game life download Ac 2fac 2fmemory foam mattresses body fat chart calculator bmi Joint seminar with attorney and financial advisor

11:16 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Escreva!
Escreva!