terça-feira, dezembro 06, 2005

sabores



Trago comigo o sabor de um dia mal vivido
De uma angústia passada
De uma vida destroçada
De uma mágoa traçada.

Esse sabor foi-me dado a provar
Fel me pareceu mas não me convenceu.
Ponderei, parei, constatei…
Que os sabores dos dias são
Como uma compilação de estruturas.

Deixei-me por fim…
Os sabores dessa química
Inebriam os meus sentidos as minhas vontades.
Conclui então que os sabores são assim,
De eles para eles tornando-se sabores simplesmente.

2 Comments:

Anonymous alexiaa said...

Fiquei a pensar o que trago comigo...Sem duvida sabores imensos, odores intensos!!!

3:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Trago comigo o sabor de um dia "não vivido"...!
Assinado: Ser, sem nunca ter estado!

1:41 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Escreva!
Escreva!