segunda-feira, dezembro 12, 2005

imensidão


Só eu o sinto no mais profundo de ti
A saudade invade o meu espaço
Tornando-o vulnerável ao vento
Porquê que tinha de ser assim?
Sinto-me perdida mas não só.
Por todo o lado sinto a tua respiração
Toca-me. Não te esquecerei.
Serás sempre a imensidão de mim.

3 Comments:

Blogger alexiaa said...

puta da saudade...dá connosco em doidas:), imensamente doidas...um bjo

7:41 da tarde  
Anonymous guardião da cidadela said...

a saudade...que é tanto minha como de ninguém...

imagem inspiradora.

10:54 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A imensidão em nós...que de tão imensa se torna dor!...Beijo

Assinado: Ao entardecer, comigo vou!

1:39 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Escreva!
Escreva!