sábado, novembro 22, 2008

escrita


fotógrafo: Hein van den Heuvel
Os dedos
São apenas uma extensão
Do prazer que sinto.
Quando vorazmente
Me incendeio em palavras
Estruturadas, conjugadas
Em cadências desenfreadas

Despertando em mim
O desejo de escrever
Palavras quentes
Sentindo-as
Desgovernadas
Percorrendo
Escorrendo
O prazer
Do sim.

3 Comments:

Anonymous atentoati said...

não penses que te escapas aos meus comentários...porque para existir escrita tem de existir leitura e ler-te é...um exercicio sempre aliciante.

beijo atentoati

11:15 da tarde  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Imensa
Sinto e sei que tens um coração imenso, que poucos tocam... imagino o calor que ele encerra...
Um beijo
Daniel

10:56 da tarde  
Blogger ลndreia said...

Tão bom quando vemos as que as palavras são igualmente uma extensão de nós... *

7:03 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Escreva!
Escreva!